22/11/2021 às 10h40min - Atualizada em 22/11/2021 às 10h40min

Ladrão rondoniense leva balaço na testa ao tentar roubar caminhonete

Folha do Sul on line

Um ladrão morador da cidade de Vilhena, onde era suspeito de vários crimes, tenta roubar uma caminhonete em uma chácara, na cidade de Campos de Júlio, região de Sapezal, no Mato Grosso, mas quando tentava entrar na casa para render os proprietários, deu de cara com o dono armado e levou um balaço na testa. Os comparsas dele correram. O ladrão morreu na hora. O dono da chácara, onde mora com sua mãe idosa, a deixou sozinha em casa e tentou socorrer o criminoso, mas, ao perceber que estava sendo seguido por outro carro, se livrou do corpo e voltou à chácara para proteger a mãe de um novo ataque.

Tocador de vídeoDesde que Rondônia entrou para o rol nacional dos estados que exportam bandidos para atuar em outras unidades da federação, pela menos três deles se deram mal e morreram durante ação criminosa. Foram três CPFs cancelados, como diz as pessoas que já não aguentam mais a facilidade proporcionada a quem comete crimes graves para continuar delinquindo. Pelo menos dois teriam morridos em confronto com a Polícia Militar de Minas Gerais, quando se preparavam, junto com a gangue a que se integrou, para fazer assaltos a bancos na região de Varginha, na semana passada.

Na manhã de quinta-feira, a polícia civil de Campos de Júlio foi avisada de que o corpo de um homem foi encontrado jogado numa vala a cerca de dois quilômetros da rodovia que liga as cidades de Campos de Júlio e Sapezal, ambas em Mato Grosso.

A vítima, identificada como Paulo César Ribeiro Tenório, e apresentava uma perfuração a bala na testa. O autor do disparo que causou a morte se apresentou na polícia e deu sua versão.

Segundo o jornal eletrônico Folha do Sul on Line, que teve acesso a informações oficiais e ao vídeo que mostra o que aconteceu, o dono de uma chácara em Campos de Júlio, disse à Polícia que, na noite de quarta-feira, 17, ele havia chegado em casa, onde mora também sua mãe, uma idosa de 67 anos, e em seguida os cachorros começaram a latir e correr em direção ao portão da propriedade. Neste momento, o chacareiro de 45 anos se armou com um revólver calibre 38.

Confirmando a versão apresentada pela vítima, as imagens mostram o ladrão andando em volta e sondando a picape Hilux na garagem e, em seguida, com uma pistola ponto 40 na mão, indo em direção à cozinha. O vídeo também revela que o ladrão encontra de frente o dono da casa e do veículo. A vítima faz dois disparos, e o segundo atinge a cabeça do vilhenense, que cai. Os dois comparsas dele saem correndo.

TENTOU SOCORRER

Mesmo assustado e vendo a mãe idosa passando mal, o homem, que se define como “comprador”, coloca o baleado na picape para tentar levá-lo para receber atendimento médico em um hospital em Campos de Júlio. No trajeto, percebe que está sendo seguido por um carro com os faróis ligados.

Percebendo que o assaltante já está morto e temendo pela segurança de mãe, que havia ficado sozinha em casa, o dono da picape joga o corpo na valeta e volta para casa.

PROCUROU A POLÍCIA

Após passar a noite em claro, temendo um novo ataque e preocupado com o estado de saúde da mãe, o chacareiro procura a polícia de Campos de Julio no dia seguinte e conta o que aconteceu. Também fornece as imagens das câmeras que monitoram a casa.

A vítima disse suspeitar que os três marginais pretendiam levar, além da Hilux, os R$ 40 mil em dinheiro que ele havia sacado no banco para fazer o pagamento dos salários de seus empregados. Ele mesmo leva os policiais onde havia deixado o corpo e admite que o revólver usado para se defender não era legalizado.

FICHA CORRIDA

Ao confeccionar o Boletim de Ocorrência sobre o caso, a Polícia Civil de Campos de Julio obteve a informação de que Paulo César era suspeito de uma série de crimes em Vilhena, inclusive homicídios. Esta suspeita será investigada.

Também contra o vilhense pesa a suspeita de ter participado de outro roubo, 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ofatoagora.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp