16/10/2021 às 09h15min - Atualizada em 16/10/2021 às 09h15min

Professor da Unir é morto a martelada pelo filho

O professor Ângelo de Oliveira, 51 anos, foi morto a marteladas na cabeça, desferidas pelo próprio filho, de 17 anos. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (16) em uma residência, localizada na rua Heitor Vila Lobos, bairro Flodoaldo Pontes Pinto, em Porto Velho.

De acordo com informações apuradas no local pela Polícia Militar, a mãe do adolescente relatou que ela e Ângelo estavam em processo de separação e tinham constantes discussões. O adolescente presenciava o pai agredindo verbalmente a mãe. Na noite de sexta-feira, ao chegar de uma chácara, Ângelo iniciou uma nova discussão com a esposa. Minutos depois ele foi dormir. O adolescente esperou o pai dormir, pegou um martelo, foi até o quarto onde a vítima estava e desferiu vários golpes na cabeça do homem até a morte. Com as fortes pancadas desferidas na cabeça, o rosto de Ângelo ficou desfigurado.

O Samu ainda foi ao local, mas somente para constatar o óbito da vítima.

Ainda no local, os policiais foram informados que Ângelo e o filho tinham problemas psicológicos. O adolescente foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde ficou à disposição da justiça.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ofatoagora.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp