25/08/2021 às 14h28min - Atualizada em 25/08/2021 às 14h28min

Edson Martins diz que nunca foi ouvido pela juíza e pede investigação da Assembleia para provar sua inocência

da Redação

O deputado estadual Edson Martins (MDB) reagiu às investidas jurídicas do suplente, Saulo Moreira (Ariquemes), ao apresentar um requerimento à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa pedindo um processo de ampla defesa, embasado no Regimento Interno da Casa, para decidir sobre a cassação de seu mandato. Na prática, Edson Martins está pedindo uma análise dos seus pares sobre o mérito da decisão da juíza Márcia Adriana Araújo de Freitas, da 1ª Vara Cível da Comarca de Alvorada do Oeste, que o condenou por improbidade administrativa e comunicou o Parlamento sobre sua decisão. A magistrada atendeu pedido da defesa do suplente.

 

O requerimento foi apresentado na manhã desta quarta-feira junto com um discurso emocionado de Edson Martins. “Deus me deu o mandato e o diabo não vai tomar”, disse ele, pedindo apoio dos seus colegas de Parlamento. A estratégia de Martins deu certo. A maioria dos deputados já antecipou o voto pela “manutenção dos direitos do deputado no Regimento Interno” e não por seu afastamento, como quer o seu suplente. “O povo não aceita mais esse tipo de político que se esconde atrás do mandato. Um cidadão me disse que se eu for cassado, ele vai ficar durante 10 sessões na frente da Assembleia com uma caixa de sapato cheia de dinheiro”, enfatizou Edson Martins. Ele disse que nunca foi ouvido pela juíza nesse processo e que uma comissão investigativa da Casa seria importante para apresentar provas de sua inocência.

Seu colega de partido, Jean Oliveira condenou manobras jurídicas e conchavos dentro da Casa de Leis para cassar mandato de parlamentares. Segundo ele, se a moda pega, daqui a pouco qualquer um pode ser expulso do seu mandato. “Edson Martins ganhou o direito de ser deputado pelo voto direto da população. Não admiti que ganhem o mandato no tapetão”, esclareceu.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ofatoagora.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp